Novidades

Quando as crianças temem pelo fim do mundo

A situação atual do mundo gera temor e ansiedade nas crianças, e é importante falar com elas sobre a esperança que Jesus oferece na Bíblia. As crianças estão acumulando medos e preocupações em relação à situação do mundo.

O mundo está passando por momentos conturbados. Os adultos tentam, muitas vezes com dificuldade, assimilar e se sobrepor aos muitos desafios que se apresentaram nos últimos meses. Queremos olhar para os acontecimentos do mundo pela ótica da esperança, mas há momentos em que a realidade se torna esmagadora e sentimos medo pelo que pode acontecer com a nossa família.

Há alguns dias fui acordar minha filha de oito anos pela manhã. Oramos juntas para começar o dia e, ao acabar, ela olhou para mim e disse: “Agora, sim, parece que Jesus está voltando”. Fiquei impactada com o que ela disse. Conversamos sobre as coisas que estão acontecendo no mundo, gerando medo e ansiedade. Tentei oferecer a esperança que Jesus nos oferece na Bíblia ao seu pequeno coração preocupado.

É normal que as crianças absorvam medos e preocupações em relação à situação do mundo. Elas escutam o que os adultos falam sobre a vinda de Jesus e os sinais que antecedem esse evento: guerras, rumores de guerra, enfermidades, perseguição e morte. As crianças pequenas têm uma compreensão limitada do mundo que as rodeia e não conseguem facilmente dar significado ao que veem ou ouvem. Mas com os maiores é diferente. Eles têm acesso à informação com mais facilidade e necessitam que os adultos sejam filtros do que veem e escutam.

Como ajudar as crianças a lidar com a ansiedade e com o medo que a situação do mundo pode causar? Veja algumas ideias:

  • Prestar atenção às características de temperamento e personalidade. Cada criança é única, isso já sabemos. Mas na prática há momentos que perdemos de vista essas particularidades. A criança é naturalmente otimista? É impaciente? Costuma sentir medo com facilidade? É equilibrado emocionalmente? É desconfiado? Não use as tragédias para conseguir um bom comportamento por parte da criança ou para animá-la a se aproximar de Deus por medo das consequências. O medo é uma reação natural do ser humano. Quando a criança mostra medo ou temor, valide esses sentimentos, e a partir daí, converse com ela para saber quais coisas estão provocando essas reações.
  • Equilíbrio vs. alarmismo. Quando você conversa sobre as notícias do mundo à luz da vinda de Jesus, qual é a sua reação? Em que aspectos você dá ênfase? Muitos adultos colocam suas energias em falar sobre os sinais, a besta do apocalipse, o 666 etc. Se apenas focarmos nessa parte, o panorama é desolador e isso, para uma criança que não tem maturidade espiritual apropriada para sua idade, pode ser um motivo para temer por sua vida e pela de sua família. Satanás, o vilão da história, se transforma no aparente ganhador. Tente ter uma atitude equilibrada que não ignora o que está acontecendo no mundo. Coloque sua atenção nas misericórdias de Deus para com seus filhos e lindas promessas que a Bíblia registra. Explique com bonecos ou objetos o conflito entre o bem e o mal, o conflito cósmico, como também o chamamos, e ressalte o lugar de Jesus como vencedor e salvador da humanidade.
  • Educação espiritual com propósito. Aproveite cada oportunidade que tiver para fortalecer a vida espiritual da criança. Pode ser por meio do culto familiar, da lição da Escola Sabatina, de um passeio pela natureza, de uma história impactante da vida real etc. As crianças precisam da orientação e do exemplo de adultos coerentes que vivam um cristianismo verdadeiro. Lembre-se de que a vida espiritual saudável não acontece por casualidade, precisa ser planejada e executada com um propósito claro: ajudar as crianças a escolher Jesus como seu amigo e salvador.
  • Seja um filtro. A maldade deste mundo tem muita publicidade. Precisamos ser consumidores de tais notícias? O que você está permitindo que seu filho veja ou escute dentro do seu lar? É muito prejudicial para uma criança escutar e ver cenas violentas, morte e maldade em todas suas formas que são expostas nos noticiários, filmes, videogames etc. Cuide da inocência do seu filho. E mesmo que fora do lar ele tenha acesso à realidade do mundo, ajude-o a definir um significado correto à luz da Bíblia.
  • Memorizem promessas bíblicas. Um perfeito antídoto contra o medo é repetir promessas bíblicas. As crianças têm uma memória privilegiada e, sem dúvida, os versos que aprenderem os acompanharão pelo restante de suas vidas. Escolha versos como: Salmo 118:6, Salmo 46:1, Salmo 23, Deuteronômio 31:6, Romanos 8:31 etc. Canções e/ou hinos que falem de proteção também podem ser aprendidos com facilidade para cantarem quando sentirem temor ou medo.
  • Envolva a criança em atividades missionárias. Ajudar outros é se integrar na missão. As crianças têm um lugar especial no coração de Deus e podem ser grandes instrumentos em suas mãos para levar o evangelho a outras pessoas, primeiramente suprindo suas necessidades. Aprender a amar o próximo é um desafio que traz grandes benefícios, e levar a criança a se sentir parte do cumprimento de Mateus 28:19, 20 poderá ajudá-la a combater o medo.
  • Meditem na visão do caminho estreito. A visão que Ellen White teve sobre a caminhada espiritual até o Céu é muito valiosa para conversar com a criança. Veja uma imagem e um texto que representam essa visão: Viajando pelo caminho estreito

É uma tendência natural do ser humano ter medo diante de tantas tragédias que assolam o mundo. Nós nos comparamos ao poder de Satanás e dificilmente podemos dizer “Quem é semelhante à besta? Quem pode lutar contra ela?” (Apocalipse 13:4). Quando o seu coração ou o coração de uma criança se sentir temeroso ou frágil, medite e agradeça a Deus pela resposta que está em Apocalipse 17:14: “Lutarão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, pois é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; serão vencedores também os chamados, eleitos e fiéis.”

Facebook Comments Box

sobre TEMPO PROFETICO TEMPO PROFETICO

Além disso, verifique

Mensagem para nossos dias

Por que o livro O Grande Conflito precisa ter ampla circulação. Acabamos de passar pelo …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

11 + três =