Novidades

Aliança eterna


Livro analisa o papel da lei e do evangelho no relacionamento entre Deus e Seu povo.

Por que Jesus afirma que veio para cumprir os mandamentos (Mt 5:17), mas o apóstolo Paulo diz que o fim da lei é Cristo (Rm 10:4)? Que lugar ocupam a lei e o evangelho na aliança de Deus com Seu povo? Cristãos das mais diferentes confissões religiosas acreditam que, na era do Novo Testamento, a lei foi substituída pela graça. Desse modo, quem vive no Espírito estaria livre do jugo dos mandamentos.

Ellen White, pioneira adventista, alerta: “Nenhum erro aceito pelo mundo cristão fere mais audaciosamente a autoridade do Céu, nenhum se opõe mais diretamente aos ditames da razão, nenhum é mais pernicioso em seus resultados do que a doutrina moderna, que tão rapidamente ganha terreno, de que a lei de Deus não mais vigora para os homens” (O Grande Conflito, p. 584).

Muitos intérpretes bíblicos falham em enxergar a realidade de que o Deus dos mandamentos é o mesmo Deus da cruz (Êx 33:18-23, Jo 1:14-18). Em meio à grande confusão de interpretações que opõem a graça à lei, o livro O DNA das Alianças (CPB, 2021, 256 páginas), de Skip MacCarty, traz uma importante contribuição à compreensão desse tema.

MacCarty é doutor em Ministério pela Universidade Andrews (EUA) e serviu por mais de duas décadas como pastor associado da Pioneer Memorial Church, no campus da universidade. Sua abordagem é solidamente bíblica e brotou dos questionamentos enfrentados ao longo de seu ministério.

Sua obra analisa em detalhes a relação entre o Antigo e o Novo Testamentos e qual é o papel da lei e do sábado para o povo de Deus após a cruz. Segundo o autor, as alianças feitas pelo Senhor em diferentes situações ao longo da história são unidas pelo amor divino que se estende de eternidade a eternidade.

A grande contribuição de MacCarty está em demonstrar que muitos trechos bíblicos falam da antiga e da nova aliança não em termos de um período histórico ou uma fase do relacionamento entre Deus e a humanidade. Para o autor, essas duas alianças são defi nidas, em muitos casos, como uma experiência vivida em qualquer época ou lugar.

A nova aliança é vista como uma experiência com base na graça, que produz fé, contém o evangelho e está voltada para a missão. Esses quatro elementos, extraídos de Jeremias 31:33, 34 e Hebreus 8:10 a 12 , são apontados como os marcadores do DNA da experiência de nova aliança, em que a lei de Deus continua válida, é internalizada pelo crente e vivida pela graça e no poder do Espírito.

A experiência de antiga aliança, pelo contrário, é o retrato da lei restrita à pedra, vivida de maneira externalizada, com aparência de piedade, mas destituída do poder do Espírito. Um exemplo disso pode ser visto em 2 Coríntios 3:6, em que o apóstolo Paulo afi rma que “a letra mata, mas o Espírito vivifi ca”. Nesse caso, a referência negativa à lei não retrata um período histórico, mas a experiência da obediência externa de um coração não transformado.

Ao longo de toda a obra, o livro demonstra que o Deus soberano é autor de uma lei perpétua, de uma graça infi nita e de uma aliança eterna. Portanto, a graça não nos livra da lei, mas nos habilita a vivê-la pela fé. Até as últimas consequências.

TRECHO

“Em Suas diversas alianças com os seres humanos, Deus revelou progressivamente Sua natureza como um Deus de graça, compaixão, amor, justiça, justificação, verdade e perdão. […] A graça e a verdade, proclamadas na palavra de Deus ao Seu povo no Sinai, foram encarnadas em Cristo e habitaram entre nós” (p. 56).

GUILHERME SILVA é pastor, jornalista e editor de livros na CPB

(Resenha publicada na edição de maio de 2021 da Revista Adventista)

Última atualização em 10 de junho de 2021 por Márcio Tonetti.

Facebook Comments Box

sobre TEMPO PROFETICO TEMPO PROFETICO

Além disso, verifique

Haja luz! E houve escuridão

Há muita escuridão quando se fala da interpretação bíblica. Cinco critérios básicos precisam ser observados …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × dois =