Novidades

Vou morar com vocês

amos para o capítulo 2, versículos 10 e 11: “Exulta e alegra-te, ó filha de Sião; porque eis que venho, e habitarei no meio de ti, diz o Senhor. E naquele dia muitas nações se juntarão ao Senhor, e serão o meu povo; e habitarei no meio de ti, e saberás que o Senhor dos exércitos me enviou a ti”.

Esta é mais uma mensagem de coragem e ânimo para o povo de Deus que voltara do cativeiro babilônico. Ela revela o sonho de Deus e a promessa feita a Abraão, séculos antes.

Perceba que a profecia faz um chamamento à alegria. O povo devia alegrar-se. Sem dúvida, o primeiro ingrediente para o sucesso de um projeto. A alegria dá vida a uma idéia, a um sonho. O medo, o remorso, a incerteza, não deveriam mais fazer parte da vida dos habitantes de Jerusalém. Deus quer alegria.

E isso vale para hoje também. Você quer vencer na vida? Viva uma vida marcada pela alegria, otimismo, bom humor. Ao se envolver com um projeto, envolva-se com alegria e entusiasmo.

Como tenho mencionado aqui nos últimos programas, havia muito trabalho a ser feito. Uma cidade precisava ser reconstruída. E o Templo, também! Era preciso alegria naquele presente, com os olhos voltados para o futuro. E qual era a promessa? “Exulta, e alegra-te, ó filha de Sião; porque eis que venho, e habitarei no meio de ti, diz o Senhor”.

Veja. Sião (Jerusalém) foi convocada a regozijar-se. Se o povo de Israel tivesse dado ouvidos aos profetas, que era a vontade de Deus, a situação ou o resultado seria outro – completamente diferente. Deus iria morar no meio de Jerusalém e ela se tornaria um diadema de glória para o mundo.

Imagine você: Deus viria morar no meio do seu povo! E muitas outras nações se ajuntariam ao Senhor. Era propósito de Deus que os homens de todas as nações, ao observarem a prosperidade de Israel e a vantagem de servir ao Senhor, se tornariam todos um só povo.

Uma coisa, porém, precisa ser destacada: além de Deus querer habitar no meio do povo era necessário que o povo também tivesse esse desejo. Para haver um casamento tem que haver disposição das duas partes. Não é possível realizar um casamento quando só uma pessoa deseja se casar, não é mesmo?

Através dessa profecia, Deus estava dizendo a Zacarias que da parte dEle não haveria problema algum em tornar tudo realidade. Esperava, porém, a resposta do seu povo. Isso era fundamental para o cumprimento da profecia.

Sou tentado a imaginar o mundo inteiro correndo para Jerusalém. A curiosidade e a disposição de conhecer e servir ao Deus Eterno. E, a partir dali, espalhando-se pelo planeta inteiro. Essa seria a evangelização, pelo jeito de Deus. Um povo abençoado pregaria através da vida, das bênçãos resultantes da fidelidade.

Mas, infelizmente, o sonho de Deus não foi concretizado. Houve falha nesse contrato, nessa promessa, nesse casamento. E quem falhou? Sim, exatamente. O povo. O ser humano. “Israel, depois do exílio, e mesmo antes de ir para o cativeiro, se negou a prestar atenção a luz enviada pelo céu” (SDABC, vol. 4, p. 1113).

Que pena! Todo o esforço feito por Deus em enviar orientação através de tantos profetas, tudo ou quase tudo foi em vão. O povo estava inclinado a ouvir o que o próprio coração dizia, e não o que Deus falava.

Deus prometeu a um grupo de pessoas temerosas quanto ao futuro, que não precisavam ter medo. Ele estaria presente. Ele os ajudaria a se tornarem vitoriosos. Preferiram, porém, não dar importância ao que Deus dizia.

Você sabia que mesmo a profecia não tendo se cumprido com o povo de Israel, pode ser cumprida ainda hoje, de uma forma um pouco diferente? É verdade. Em Apocalipse 21:2 e 3 o plano divino é apresentado não apenas para um povo, mas para o mundo inteiro: “E, eu João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido. E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus”.

Sim, você amigo ouvinte, é um dos candidatos que Deus planeja usar para que o plano dEle finalmente se torne realidade. O que uma nação deveria fazer, Deus espera que a igreja dEle faça. Deus deixou uma missão para a igreja cristã que é de anunciar ao mundo inteiro o evangelho – ou seja, as boas notícias de salvação. Avisar aos quatro cantos do planeta de que é possível viver eternamente e feliz!

Isso tem acontecido de diferentes maneiras, nas mais distantes regiões do Planeta Terra. As boas notícias de salvação têm sido anunciadas de todas as formas e meios, transformando vidas, espalhando alegria e esperança onde antes havia dor, tristeza e amargura.

Em breve a segunda parte da profecia se cumprirá. Deus estará no meio dos seus filhos. O que Ele promete, Ele cumpre. Quer, porém, você, estar junto a Ele? O povo de Israel, no tempo de Zacarias, não quis. E você? Qual é sua resposta? Permita que Ele habite em seu coração, transforme sua vida e produza resultados para a eternidade afora.

Facebook Comments

sobre TEMPO PROFETICO TEMPO PROFETICO

Avatar

Além disso, verifique

O que é profecia?

O mundo das profecias é extraordinário. Para muitos é algo completamente escuro e desconhecido. Às …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Portal Tempo Profético Online

Nesse Portal teremos Matérias com mais detalhadamente sobre as Profecias.

× Atendimento Online!