Inicial ARTIGOS Profecia, por que ela é importante?

Profecia, por que ela é importante?

9 minutos de leitura
0
0
75

Uma experiência agridoce. Apesar de parecer assustador, o estudo das profecias mostra o plano de Deus.

Você já ouviu pessoas falarem sobre “profecias”? Algumas pessoas amam esse tema, mas outras acham que é desnecessário e, bem, “difícil de digerir”. Isso é engraçado, já que dois famosos profetas bíblicos, Ezequiel e João, foram instruídos a comer um pergaminho e depois contar aos outros o que estava escrito nele. Ezequiel disse que o pergaminho tinha um sabor doce. Para João, o pergaminho começou doce como mel, mas ficou amargo em seu estômago. Por que a profecia seria doce para uma pessoa e faria doer o estômago de outra? E quem comeria um livro, afinal?

Primeiro, vamos destacar alguns princípios básicos. O que é profecia e por que ela é importante? Um profeta é alguém escolhido por Deus para compartilhar uma mensagem de instrução ou advertência ou para prever algo. Profecia é o nome dado a essa mensagem. A Bíblia contém muitas profecias, e algumas delas estão em lugares inesperados. Há pelo menos 14 sobre a crucificação de Jesus somente no Salmo 22, e cada uma delas se tornou realidade. Que doces profecias! Elas nos ensinam que podemos confiar plenamente na Palavra de Deus. Como Davi exclamou: “Quão doces são as tuas palavras ao meu paladar! Mais que o mel à minha boca” (Sl 119:103, NAA).

Depois, há profecias do tipo “uau”, como a profecia das covas de água. Você pode ler a história em 2 Reis 3:16-24. Jorão, rei de Israel, e seus aliados viajaram sete dias pelo deserto a caminho da batalha contra o rei de Moabe. Porém, eles descobriram que não havia água para as tropas nem para os animais. Ops! O profeta Eliseu veio relutantemente em socorro e compartilhou o plano de ação de Deus. Façam covas por todo o vale! Para provar que isso não foi uma coincidência, Deus disse que não haveria vento ou chuva, mas o vale ficaria cheio de água suficiente para todas as pessoas e animais. “Ah, e Eu também lhes darei a vitória sobre os moabitas”, Ele disse. O vale se encheu de água, tal como Deus havia prometido, e os moabitas foram derrotados por uma ilusão de ótica. Uau!

Que tal a profecia que previa que um governante chamado Ciro ajudaria a resgatar o povo de Deus de seu cativeiro na Babilônia, mais de 100 anos antes disso acontecer? (Veja Isaías 44 e 45.) Uau! Escavações na Babilônia nos anos 1800 levaram à descoberta de um barril de argila, conhecido como Cilindro de Ciro, que confirmou a história bíblica[1].

Outros escritos proféticos parecem um tanto confusos e são escritos em uma espécie de linguagem de código. Daniel, Isaías, Ezequiel e João, que escreveu o Apocalipse, tiveram visões nas quais viram imagens, sons e símbolos estranhos. Pense em rodas flamejantes, bestas de quatro cabeças ou gafanhotos gigantes com dentes de leão. Parece interessante, mas não para quem costuma ter pesadelos.

Medo ou esperança?

Deus definitivamente não quer nos assustar. A Bíblia diz: “Não tema” e “Não tenha medo”[2]. Então, por que todos estes símbolos estranhos e assustadores? Bem, e se você fosse um general de quatro estrelas e quisesse transmitir uma mensagem muito importante através das linhas inimigas a alguns prisioneiros para lhes contar sobre uma operação de resgate – uma que os salvaria da morte certa? Escrever em linguagem de código faz muito sentido durante uma guerra. Jovens amigos, estamos numa guerra épica! E isso nos leva à segunda metade da nossa pergunta inicial. Por que a profecia é importante?

A profecia não serve apenas para prever o futuro e mostrar que a Palavra de Deus é confiável. O principal objetivo da profecia é ajudá-lo a conhecer o Deus da criação, que detém o futuro e quer que você viva com Ele para sempre. Ele ama tanto você que deu a vida para salvá-lo. Que palavras doces! Estudar as profecias também leva a escolhas difíceis, pois elas revelam armadilhas desonestas que Satanás coloca em nosso caminho. As profecias costumam ser um aviso sonoro: Atenção! Destruição à frente!

Por meio da profecia, Jesus está nos chamando para mudar e nos afastar do pecado que nos destruirá. Um estudo honesto das profecias afeta a vida das pessoas: ou as aproxima de Jesus ou as afasta. As palavras de Deus são doces quando as aceitamos plenamente, deixando que elas nos mudem. Ao mesmo tempo, pode ser um processo doloroso e um pouco amargo.

Não, você não precisa comer nenhum livro. Mas prove e veja que o Senhor é bom! Isso significa ler a Palavra de Deus, orar e confiar Nele em todas as decisões. Deus promete que, se você ler, ouvir e levar a sério Suas palavras, você será abençoado, agora e para sempre.


Referências:

[1] Ira M. Price, The Monuments and the Old Testament (Chicago: Christian Culture Press, 1902), p. 234.

[2] Salmo 91:5; Isaías 41:10, 13; Mateus 10:31; Apocalipse 1:17.

Esse texto foi publicado originalmente em Adventist World.

Carregue mais artigos relacionados
Carregar mais por TEMPO PROFETICO TEMPO PROFETICO
Carregue mais ARTIGOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

As mensagens angélicas são para o nosso tempo?

Se todos soubessem que as mensagens deixadas por Deus para a humanidade por meio de três a…