Novidades

A revelação apocalíptica

Antes, porém, é importante destacar aqui a autoria do livro, o ambiente histórico e outros detalhes que nos ajudarão grandemente na compreensão dos futuros estudos.

É preciso ficar bem claro que Apocalipse não significa “fim do mundo”. Já no primeiro verso do primeiro capítulo encontramos a definição: “Revelação de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu, para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer”.

Perceba que Deus esta se revelando para os servos dEle; Deus está se mostrando, está dizendo quem Ele é. E Deus não se revela para qualquer um. Ele se revela para um grupo especial, os servos dEle. Portanto, você é o objeto desta revelação. Você é importante para Deus. Não pense que você é um filho abandonado sem pai e sem mãe. Não. Você é objeto da revelação de Deus.

O livro do Apocalipse é uma revelação. Ele não tem nada a ver com algo misterioso, ou alguma coisa que somente alguns podem entender. Através do Apocalipse, Deus quer fazer revelações importantes para os que O amam. Ele quer revelar coisas que brevemente irão acontecer. Em suma, o livro do Apocalipse é a resposta divina para o homem confuso e desorientado do século vinte e um.

Se você quer saber o futuro, sem fanatismo e se medo, comece a estudar o Apocalipse. Faça isso com o desejo de encontrar a revelação de Deus e não para tirar as suas próprias interpretações.

Para compreendermos bem o Apocalipse, precisamos conhecer o ambiente histórico em que ele foi escrito. Todos os estudiosos da Bíblia aceitam João, um dos discípulos de Jesus, como o autor do Apocalipse. “Este João não só foi um dos doze, mas também fazia parte do circulo íntimo de amigos de Jesus. A tradição cristã primitiva, o reconhece unanimemente como o autor do Apocalipse” (C.B.A.S.D. vol.7, p. 734).

Na época em que o livro foi escrito, João era o único dos discípulos ainda vivo. Era tão conhecido das Igrejas cristãs, que não precisava assinar mais do que João, servo de Jesus Cristo.
Jesus premiou mais uma vez a fidelidade desse servo dEle. Quando esteve na Terra, um dos melhores amigos de Jesus foi João.

E quem foi João, antes de ser chamado para ser um servo de Jesus? “Quando João foi chamado por Jesus, era apenas um humilde pescador. Impetuoso e egoísta, João possuía uma personalidade rude e violenta. As pessoas o conheciam como o filho do trovão” (Terceiro Milênio e as profecias do Apocalipse, pg.14).

O caráter de João lhe trazia muitos problemas e, com certeza, não era feliz. Imagino quantas vezes João lutou para vencer o temperamento violento. Só conseguiu isso quando teve um encontro e alguns anos de convivência com Jesus. Quando isso acontece, as coisas realmente mudam!

Nos dias do Apóstolo João quem dominava o mundo era o Império Romano e o culto ao imperador era a religião oficial. Todo o mundo devia adorá-lo. Foi o jeito que os romanos encontraram para manter a unidade do império formado por dezenas de nações e povos diferentes. Uma única religião facilitava essa organização.

“Dentre todos os Imperadores, Domiciano pode ser considerado um dos mais cruéis e perversos. Domiciano procurou estabelecer sua divindade através de holocaustos públicos. Os cristãos eram queimados como tochas vivas ou destroçados por feras famintas nos circos romanos” (idem, p. 16).

O apóstolo João não escapou da fúria do imperador. Foi levado à Roma para ser julgado por sua fé. Ali o filho do trovão, agora transformado no discípulo do amor, defendeu sua crença. A argumentação era incontestável e convincente. “O imperador Domiciano, cheio de ira, mandou que jogassem o discípulo num caldeirão de óleo fervente, mas o Senhor Jesus preservou a sua vida” (ibidem, p. 16).

Algum tempo depois o imperador decretou que o velho apóstolo João deveria ser enviado à ilha de Patmos. Esta ilha é um território rochoso, perto do litoral da atual Turquia. Para lá eram enviados os criminosos a fim de trabalhar e morrer.

Foi justamente nessa ilha isolada de tudo e de todos que Deus premiou o seu fiel servo com a revelação do Apocalipse. O livro foi escrito entre os anos 95 e 96 de nossa era. João foi arrebatado em visão e levado para as cortes celestiais de onde pôde ver o desenrolar da história do mundo e do povo de Deus.

Facebook Comments

sobre TEMPO PROFETICO TEMPO PROFETICO

Além disso, verifique

O que é profecia?

O mundo das profecias é extraordinário. Para muitos é algo completamente escuro e desconhecido. Às …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Portal Tempo Profético Online

Nesse Portal teremos Matérias com mais detalhadamente sobre as Profecias.

× Atendimento Online!